Morre o três vezes campeão da Fórmula 1 Niki Lauda

Morre o três vezes campeão da Fórmula 1 Niki Lauda

20 de maio de 2019 0 Por Maurilyn Junior

Ex piloto austríaco e presidente não executivo da equipe Mercedes se recuperava do transplante de pulmão realizado ano passado.

Faleceu hoje 20 de maio de 2019 o ex piloto Andreas-Nikolaus Lauda que fez seu nome na Fórmula 1 como Niki Lauda. Três vezes campeão da Fórmula 1 em 1975 e 1977 pela Ferrari e 1984 pela McLaren, o piloto defendeu as equipes McLaren, Ferrari, Brabham, BRM e March entre 1971 e 1985. Lauda ocupava o cargo de Presidente não executivo da equipe Mercedes desde 2012.

“É com profundo pesar que anunciamos que nosso querido Niki morreu de forma pacífica ao lado de seus familiares. Suas conquistas únicas como atleta e empreendedor são e continuarão inesquecíveis, seu incansável entusiasmo pela ação, sua franqueza e sua coragem permanecerão como um modelo e uma referencia para todos nós. Ele era um marido, pai e avô amoroso e carinhoso longe do público, e sentiremos a sua falta”, dizia o e-mail assinado pela família de Lauda.

O ex piloto recebeu um pulmão transplantado em agosto de 2018 após um forte gripe e passou dois meses internado. No início desse ano passou mais 10 dias no hospital com febre alta logo após as festas de final de ano. Recentemente havia sido internado novamente com problemas renais.

Nascido em 22 de fevereiro de 1949 em Viena, na Áustria, Lauda não teve o apoio da família no início da sua carreira, teve que pedir empréstimo em um banco que não o de seu avô para comprar a uma vaga na equipe March da Fórmula 2. Mas com seu talento foi logo convidado para pilotar na Fórmula 1 e estreou em 1971.

Clique aqui e receba as notícias no seu Telegram

Em 1974 assinou com a Ferrari, indicado por Clay Regazzoni. No ano seguinte venceu 5 corridas e sagrou-se campeão por antecipação. Foi vice campeão em 1976 e ganhou outro título pela Scuderia em 1977.

1976 foi um ano marcante em sua carreira. Lauda liderava o campeonato quando sofreu um acidente gravíssimo em Nurburgring, preso no carro em chamas, o piloto ficou entre a vida e a morte, mas de forma milagrosa, conseguiu se recuperar e após 43 dias e com o rosto praticamente desfigurado estava de volta. Niki Lauda ainda disputou o título com o inglês James Hunt, mas na decisão do título em Fuji, uma chuva torrencial fez com que desistisse da corrida por falta de segurança e Hunt chegou em terceiro e foi campeão por apenas um ponto de diferença.

A Temporada de 1976 da Fórmula 1, o drama do acidente e a disputa entre Lauda e Hunt é retratada no filme Rush (2013).

Os dois anos seguintes correu pela Brabham, mas sem resultados expressivos, decidiu se aposentar ao final de 1979.

Em 1982 recebeu uma oferta milionária de Ron Dennis e aceitou voltar à Fórmula 1 pela McLaren, onde foi campeão pela 3ª vez em 1984. Lauda pendurou o capacete ao final da Temporada de 1985.

Descanse em paz, Campeão!

Espalhe: